Ex-guerrilheiro Carlos Lamarca dá nome a residencial em Olinda

202
0
COMPARTILHAR

Mais de 1,5 mil pessoas serão beneficiadas pelo habitacional destinado a famílias com renda de até R$ 1.8 mil
O residencial Carlos Lamarca será entregue aos seus 304 beneficiários, na manhã desta sexta-feira (5), durante uma solenidade, em Olinda. Concebido através de uma parceria entre o Governo de Pernambuco e a Caixa Econômica Federal (CEF), por meio do Minha Casa, Minha Vida, o empreendimento olindense beneficiará 1,5 mil pessoas na localidade. Além do terreno cedido pelo Estado, no valor de R$ 852 mil, o empreendimento contou com o operacional da Secretaria de Habitação de Pernambuco (SecHab) no tocante ao trabalho social. O nome do residencial é uma homenagem ao ex-guerrilheiro que desertou do Exército em 1969 para combater a ditadura pela luta armada.

Além de ceder o terreno, o Governo de Pernambuco também destinará outros R$ 170 mil para o reforço da infraestrutura do entorno. O titular da pasta de Habitação, Bruno Lisboa, também destacou o trabalho de articulação social realizado na SecHab. “O nosso papel é caminhar com os movimentos e trabalhar para viabilizar novos empreendimentos”, afirmou o gestor. Bruno disse que as parcerias são fundamentais. “É importante ter os parceiros certos”, completou.

O residencial tem 19 blocos com 16 apartamentos cada, distribuídos em sala, dois quartos, banheiro, cozinha, centro comunitário e playground. Do total de unidades, 10 foram adaptadas para portadores de deficiência física. Para a cuidadora de idosos, Ana Maria, o Carlos Lamarca é a realização de um sonho. “A partir de agora, é só alegria na minha família”, comentou Ana, no momento da assinatura do contrato, nesta quarta, na SecHab.

DINÂMICA

A Secretaria de Habitação de Pernambuco selecionou os beneficiários, através de uma chamada pública, sediou o sorteio eletrônico das unidades e a assinatura dos contratos, e organizou as visitas técnicas que precederam a entrega do conjunto olindense.

Além disso, a Sechab ainda coordenou uma oficina patrimonial com os 304 futuros moradores, cuja intenção foi orientá-los sobre a convivência no condomínio. É importante frisar que essas oficinas serão realizadas pela SecHab nos próximos 12 meses, a partir da entrega do conjunto.

HOMENAGEM

Carlos Lamarca
O residencial faz uma homenagem a um dos líderes de luta contra a Ditadura Militar, o carioca Carlos Lamarca. O capitão do Exército desertou, em 1969, tornando-se um dos comandantes da Vanguarda Popular Revolucionária (VPR), organização da guerrilha armada de extrema-esquerda que combatia o regime. Perseguido por mais de dois anos pelos militares, foi localizado e morto no interior da Bahia, em 17 de setembro de 1971.

SEM COMENTÁRIOS