Secretaria de Habitação atende o público duas vezes por semana

142
0
COMPARTILHAR

Sociólogos, assistentes sociais e agentes administrativos tiram dúvidas sobre a política habitacional do Estado, das 8h às 12h e das 14h às 17h, na sede do órgão no Recife.
O núcleo social da Secretária de Habitação de Pernambuco (SecHab) oferece atendimento ao público, nas terças e quintas, das 8h às 17h, com objetivo de informar sobre os procedimentos do Governo do Estado em relação às questões da moradia popular. Uma equipe composta por 20 profissionais, entre sociólogos, assistentes sociais e agentes administrativos, orienta os interessados em participar de programas sociais promovidos pelo Estado e União. O atendimento é personalizado e não requer agendamento prévio no órgão.

Ao detalhar o trabalho oferecido na SecHab, a gerente de Projetos Sociais, Raquel Deiga, explicou que o atendimento no órgão é voltado para orientação. “Nós fazemos um levantamento das principais necessidades para dar os devidos encaminhamentos”, pontuou a gestora. Raquel esclarece ainda que o Governo de Pernambuco não realiza cadastro para o pagamento de auxílio-moradia. “Essa é uma função do município, nós aqui oferecemos uma apoio nesse tipo de ação”, completou a gerente.

Além de esmiuçar a política habitacional do Estado, a Gerência de Projetos Sociais da Secretaria de Habitação de Pernambuco também atua em parceria com a União no Minha Casa, Minha Vida. “Ainda que a maior parte dos recursos para a construção de casas seja disponibilizado pelo Governo Federal, nós fazemos o trabalho operacional e de mobilização”, disse a gestora da SecHab, destacando que todo contrato do perfil conta com uma contrapartida do Estado.

Maria das Graças, moradora da comunidade Ponte Preta, em Olinda, esteve na SecHab para atualizar do cadastro realizado pelo órgão e verificar o processo de implantação do habitacional no seu município. “Fui bem atendida aqui e tirei todas as dúvidas sobre o meu processo”, afirmou a olindense. Aos 57 anos, Maria conta que o atendimento acolhedor é o diferencial do SecHab. “A gente sabe que a situação não está fácil para ninguém e que uma palavra amiga faz a diferença”, completou.

MOBILIZAÇÃO SOCIAL

O trabalho de mobilização social realizado pela SecHab é fundamental para a manutenção do diálogo entre a sociedade e o Governo do Estado. A criação da pasta, em janeiro de 2015, contribuiu fortemente para a ampliação das políticas de interesse social no Estado, envolvendo a construção e a melhoria de casas, urbanização integrada, além de regularização fundiária.

SEM COMENTÁRIOS