CTTU inicia implantação da Ciclofaixa Jardim São Paulo

41
0
COMPARTILHAR

Equipamento estará disponível para a população no próximo dia 15 de setembro
A Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) deu início ao trabalho de sinalização da ciclofaixa Jardim São Paulo, na Zona Oeste do Recife. Os serviços foram iniciados nesta quinta-feira (07) pela Rua Senador Alberto Pasqualini, próximo à Praça Jardim São Paulo, e deverão ser concluídos na sexta-feira, 15 de setembro, quando o equipamento já entra em operação. A rota compõe a Rede Cicloviária Complementar, que está sendo implantada pela Prefeitura do Recife em consonância com o Plano Diretor Cicloviário da Região Metropolitana do Recife (PDC/RMR), e adiciona outros 1,9 quilômetro de rota exclusiva para ciclistas à rede cicloviária da capital, que passa a alcançar a marca de 48,6 quilômetros de rotas existentes, sendo 24,5 (50,4%) implantados desde 2013.

A nova ciclofaixa Jardim São Paulo vai conectar a já existente Rota Tiradentes à Praça Jardim São Paulo, no bairro de mesmo nome. A rota será bidirecional e terá início na Rua Comendador Franco Ferreira, seguindo pela Rua Professor Silvio da Cunha Santos, Avenida General San Martin, Avenida João Cabral de Melo Neto e Rua Senador Alberto Pasqualini. O equipamento se conecta com a Rota Tiradentes (Estrada do Forte e Rua 21 de Abril) e com as ciclofaixas Antônio Curado e Inácio Monteiro. As três rotas serão ligadas ainda com as ciclofaixas do Cavouco e Arquiteto Luiz Nunes (Lagoa do Araçá), compondo uma rede cicloviária de cerca de 20 quilômetros de extensão, interligando a Zona Oeste à Zona Sul do Recife e beneficiando diretamente dez bairros: Engenho do Meio, Cordeiro, Jardim São Paulo, Iputinga, Torrões, San Martin, Mangueira, Mustardinha, Afogados e Imbiribeira.

Para a presidente da CTTU, Taciana Ferreira, a ampliação da Rede Cicloviária Complementar demonstra o esforço da gestão de trânsito para tornar a utilização do espaço público cada vez mais equitativa. “Desde 2013, já implantamos sete novas ciclofaixas, além da Zona 30, possibilitando a diversidade de modais nas vias públicas. Com a ampliação da rede ciclável, esperamos incentivar o uso da bicicleta para os deslocamentos entre os bairros”, conclui.

Durante as semanas subsequentes à implantação da ciclofaixa, que deverá começar a operar normalmente logo após a conclusão dos serviços de sinalização, em 15 de setembro, a CTTU destacará equipes de agentes e orientadores de trânsito para realizar os trabalhos de monitoramento e orientação aos condutores e ciclistas que circularem pelo local. É importante ressaltar que aqueles que insistirem no descumprimento da sinalização, transitando ou estacionando veículos na ciclofaixa, estarão passíveis de autuação. As multas podem variar de grave a gravíssima vezes três, com valores de R$ 195,23 (mais 5 pontos na Carteira Nacional de Habilitação – CNH) a R$ 880,41 (mais 7 pontos na CNH).

SEM COMENTÁRIOS