Grande Recife estuda linha complementar gratuita para o Pina

21
0
COMPARTILHAR

A reunião para a discussão do assunto aconteceu no clube Banhistas do Pina (Foto: Fred Kataoka)
O Grande Recife Consórcio de Transporte estuda a implantação de uma linha complementar do transporte púbico para circular no bairro do Pina, Zona Sul do Recife, para facilitar aos moradores das comunidades do bairro o acesso às paradas de ônibus das linhas convencionais que circulam pelas avenidas Domingos Ferreira, Conselheiro Aguiar, Herculano Bandeira e Antônio de Góes.

A informação foi pelo representante do Consórcio, Cícero Monteiro, durante reunião pública da Câmara Municipal do Recife, realizada na noite de quinta-feira (10) por força do requerimento de autoria do vereador Ricardo Cruz (PPS), para tratar do transporte público complementar, gratuito, destinado a circulação na localidade.

Vereador Ricardo Cruz: autor do pleito para criar linha de transporte suplementar no Pina (Foto: Internet)
O pleito do vereador Ricardo Cruz, junto aos moradores, é que uma linha alimentadora de ônibus circule nas vias internas das comunidades que compõe o bairro do Pina, para que a população possa embarcar e, em seguida, desembarcar nos pontos convencionais das avenidas Domingos Ferreira, Conselheiro Aguiar, Herculano Bandeira e Antônio de Góes. “Hoje, ao saírem de suas casas, as pessoas têm que andar bastante até chegar numa parada de ônibus mais próxima. Então, se existir essa linha alimentadora complementar, a vida dos moradores vai melhorar consideravelmente”, explica o parlamentar autor do requerimento.

Para retratar a situação dos moradores que sofrem com a distância das paradas de ônibus, foram exibidos dois minidocumentários contanto histórias reais, como a da cadeirante Yslla Queiroz que, junto com sua mãe, enfrenta mais de um quilômetro, todos os dias, para embarcar num coletivo e, em seguida, ir para a escola.

Após as falas iniciais e as perguntas dos moradores, algumas de forma bem acalorada, o representante do Grande Recife Consórcio de Transporte, Cícero Monteiro, disse que o órgão já está estudando o caso das comunidades do Pina. Os demais órgãos demonstram apoio ao projeto.

Já Rinaldo Joaquim, representando a CTTU, argumentou que, devido a lei municipal 17.954/13, seria inviável a criação de novos permissionários. No entanto, o vereador Ricardo Cruz disse que vai estudar uma possibilidade de reverter a situação e continuará lutando pelo sonho do transporte complementar.

“Essa foi a primeira de várias outras lutas e discussões. Vamos trazer mais debates para nosso bairro. Atualmente existem 17 linhas alimentadoras do tipo. Eu acredito que o bairro do Pina merece também. Nós vamos forçar as entidades. Não vamos descansar. As leis estão aí para serem mudadas também. As coisas não acontecem do dia pra noite. É um projeto em conjunto. Juntos, nós somos fortes. ”, encerrou Ricardo Cruz.

Além do autor da proposta, estiveram presentes no encontro que aconteceu no clube Banhistas do Pina, a vereadora Ana Lúcia que presidiu a mesa e representantes da Secretaria Estadual das Cidades, Grande Recife Consórcio de Transporte, Secretaria de Turismo, CTTU, Permissionários do Transporte Complementar e moradores.

Por Junior Aguiar

SEM COMENTÁRIOS

COMENTE ESTA NOTÍCIA