Operação Lei Seca de São João vai até o dia 30 de junho

12
0
COMPARTILHAR

Serão mais de 210 pontos de fiscalização itinerante e 50 atividades educativas
As fiscalizações e ações educativas da Operação Lei Seca em Pernambuco serão intensificadas durante o tradicional período junino, que movimenta cidades do Interior do Estado e também da Região Metropolitana do Recife (RMR). Até o dia 30 de junho, equipes estarão nas ruas e nas rodovias federais com bloqueios para alertar motoristas e motociclistas.

A programação educativa contempla 50 atividades em escolas estaduais, municipais, parques, terminais integrados de ônibus, bares, passeios ciclísticos e encontros de motociclistas. Além da programação desenvolvida pela OLS, os Comitês Regionais de Prevenção aos Acidentes de Motos, instalados em cada uma das 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres), terão atividades voltadas para conscientização e educação no trânsito.

Neste sábado (17), a OLS estará com blitz educativa montada das 15h às 18h na Avenida Agamenon Magalhães, em frente à Academia da Cidade, sentido Olinda-Recife. A ação vai contar com a participação da equipe da Lei Seca (formada por profissionais da Secretaria Estadual de Saúde e agentes da Polícia Militar e do Detran), Samu Recife, Corpo de Bombeiros, além de enfermeiros, estudantes e profissionais de Educação Física da Universidade de Pernambuco (UPE).

A abordagem educativa será feita a motoristas e motociclistas com entrega de material informativo, simulação de atendimento a vítimas de acidentados de moto, ressaltando os tipos de lesões mais comuns, ações imediatas que devem ser dadas às vítimas e o quanto é gasto com o tratamento de pessoas envolvidas nesses acidentes.

Durante todo o mês de junho, a OLS irá atuar em parceria com Polícia Rodoviária Federal (PRF), Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PE), Polícia Militar de Pernambuco (PMPE), Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) e Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv) nas cidades de Garanhuns, Caruaru, Petrolina, Arcoverde, Afogados da Ingazeira, Vitória de Santo Antão, Timbaúba, Gravatá, Carpina, Paudalho, Limoeiro, Surubim e Santa Cruz do Capibaribe. No total, serão mais de 210 pontos de fiscalização itinerante, sendo 69 apenas em cidades do Interior.

SEM COMENTÁRIOS

COMENTE ESTA NOTÍCIA