Paulista apreende táxi de Recife em represália às restrições da Capital

366
0
COMPARTILHAR

Restrições aos táxis de outas cidades na Capital levaram à apreensão do táxi do  Recife
Restrições aos táxis de outas cidades na Capital levaram à apreensão do táxi do
Recife
A Prefeitura do Paulista apreendeu nesta terça-feira (14) o veículo de um taxista de Recife por circular com a caixa luminosa, popularmente chamada de miador. Embora sem admitir oficialmente, a media foi em represália ao tratamento que os taxistas da Região Metropolitana estão recebendo no Recife, onde estão tendo dificuldades e até mesmo proibição de circular.

O veículo apreendido foi levado ao depósito da Secretaria de Mobilidade e Transportes do Paulista, de onde só deve ser liberado mediante pagamento de multa de R$ 2 mil e demais taxas referentes ao recolhimento do automóvel. Ele não poderia usar a caixa luminosa fora dos limites da cidade onde é registrado como taxista.

Oficialmente, a Prefeitura diz que intensificou a partir de hoje fiscalizações nas vias mais importantes da cidade com o objetivo de coibir a circulação de veículos fazendo transporte irregular de passageiros. Sob o comando da Secretaria de Mobilidade e Transportes, agentes de trânsito estão atentos a táxis de outros municípios circulando em pontos estratégicos como as PEs 01 e 15, além da Ponte do Janga e demais localidades, como Jardim Paulista, e bairros da região das praias.

Paulista conta, atualmente, com cerca de 600 taxistas inscritos junto à gestão municipal. Todos os profissionais passam por recadastramentos anuais nos quais as documentações de condutor e veículos são analisadas, aqueles com irregularidades devem organizar a situação para poder trabalhar na cidade. Os automóveis também são inspecionados quanto às condições e itens de segurança.

SEM COMENTÁRIOS