Árbitro volta em pênalti, Sport marca no fim e empata com o Vasco

22
0
COMPARTILHAR

André fez o gol que selou o empate da partida (Foto: SCR)
Mesmo com um homem a mais desde o primeiro tempo, o Vasco não teve boa atuação e empatou por 1 a 1 com o Sport, nesta segunda-feira, na Ilha do Retiro. Com o resultado, os cruzmaltinos chegaram a 32 pontos e viram o G6 ficar mais distante. Os pernambucanos, com 30, seguem mais próximos da zona de rebaixamento.

A partida teve polêmica nos dois tempos. Na etapa inicial, o meia Diego Souza deixou o Sport com um jogador a menos após reclamar ao receber o cartão amarelo. Já na etapa final, o árbitro Sandro Meira Ricci marcou pênalti para os donos da casa quando a bola bateu no ombro de Anderson Martins na área. No entanto, ele voltou atrás na marcação depois de ouvir um auxiliar.

No restante do confronto, os pernambucanos foram melhores, mas viram o Vasco abrir o placar com Nenê na etapa inicial. No segundo tempo, na base da raça, os rubro-negros empataram com André.

Na próxima rodada, o Vasco terá pela frente a Chapecoense, no sábado, em São Januário. Já o Sport vai até a capital paulista para enfrentar o São Paulo, no domingo.

O JOGO

O Sport começou a partida com muita intensidade e pressionou o Vasco desde os primeiros minutos. Os donos da casa quase abriram o placar aos seis, quando Rithely cruzou pela direita e achou André livre na área. O atacante se esticou para finalizar, mas colocou por cima do travessão.

Acuado, o Vasco não conseguia chegar próximo da área adversária. Na única chance em que passou do meio, Nenê tentou surpreender do meio campo, só que chutou sem perigo. No restante do tempo, os cruzmaltinos pecavam nos passes e davam chance para o Sport. Os pernambucanos quase aproveitaram nova oportunidade aos 14 minutos. Após escanteio, Diego Souza escorou de cabeça para André. O atacante mais uma vez finalizou por cima do gol.

O Sport seguia muito superior em campo, mas acabou ficando com um homem a menos com 19 minutos. Após se envolver em confusão e sofrer falta de Wellington, Diego Souza reclamou quando ambos receberam cartão amarelo e acabou sendo expulso.

Mesmo com a vantagem em campo, o Vasco continuava com os erros de passes. Os cruzmaltinos perderam a bola no meio e viram o Sport encaixar o contra-ataque aos 26 minutos. No entanto, André chutou mais uma bola por cima do travessão de Martín Silva.

Com o passar do tempo, os visitantes equilibraram a partida e ter mais posse de bola. Com mais posse de bola, o Vasco chegou ao gol aos 38 minutos, em sua primeira boa oportunidade na partida. Yago Pikachu foi lançado pela direita e tocou para Nenê na área. O meia chutou rasteiro, sem chance para Rogério.

Nos minutos finais, o Sport voltou a ficar melhor e quase empatou aos 44 minutos. Mena cobrou falta e acertou a rede pelo lado de fora. O Vasco preferiu se resguardar para ir para o intervalo com a vantagem no placar.

No segundo tempo, o Vasco conseguiu segurar o ímpeto inicial do Sport e ainda criou a primeira boa chance, aos três minutos. Anderson Martins aproveitou cobrança de escanteio, mas cabeceou por cima do travessão.

Depois disso, o confronto ficou sendo disputado em ritmo morno. O Vasco tocava a bola, mas seguia tendo problema nos passes no setor ofensivo. O Sport, na base da raça, buscava o ataque, só que sentia a falta do jogador a menos em campo. Somente aos 20 minutos, os donos da casa chegaram com perigo. Em contra-ataque rápido, a bola chegou em André. O atacante driblou um marcador e chutou para grande defesa de Martín Silva.

Aos 24 minutos, a partida teve mais um momento de polêmica. Mena chutou para o gol e a bola bateu no ombro de Anderson Martins. O árbitro Sandro Meira Ricci marcou pênalti, mas acabou voltando atrás após ouvir um dos auxiliares.

O lance deixou o Sport nervoso. O Vasco teve chance de aproveitar aos 31 minutos. Em contra-ataque rápido, Guilherme Costa recebeu na área, mas finalizou em cima de Magrão, que salvou os donos da casa. No minuto seguinte, foi a vez de Rios chutou mal, mas a bola ir no pé de Andrey, que colocou por cima do travessão.

De tanto insistir, os pernambucanos chegaram ao empate aos 39 minutos. Raul Prata cruzou e achou André livre. O atacante cabeceou sem chance para Martín Silva.

Nos minutos finais, o confronto ficou aberto, com as duas equipes em busca da vitória. No entanto, nenhuma delas teve competência para criar boa chance de marcar e tiveram que se contentar com a igualdade na Ilha do Retiro.

FICHA TÉCNICA

SPORT 1 X 1 VASCO

Local: Ilha do Retiro, em Recife (PE)
Data: 25 de setembro de 2017, segunda-feira
Hora: 20h (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (SC)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)
Renda: R$ 253.860,00
Público: 17.190 presentes

Cartões amarelos: Wellington, Ramon, Bruno Paulista e Jean (Vasco)
Cartão vermelho: Diego Souza (Sport)

GOLS
SPORT: André, aos 39min do segundo tempo
VASCO: Nenê, aos 38min do primeiro tempo

SPORT: Magrão, Raul Prata, Ronaldo Alves, Henríquez e Mena; Rithely, Anselmo (Thallyson), Wesley (Osvaldo) e Diego Souza; Rogério (Lenis) e André
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

VASCO: Martín Silva, Madson (Bruno Paulista), Breno, Anderson Martins e Ramon; Jean (Andrey), Wellington, Yago Pikachu (Guilherme Costa), Nenê e Mateus Vital; Andres Rios
Técnico: Zé Ricardo

DA GAZETA PRESS

SEM COMENTÁRIOS