Cabo já discute segurança para a Parada Gay do dia 6 de setembro

153
0
COMPARTILHAR

Além da segurança, os participantes da Parada Gay do  Cabo terão apoio de equipes do SAMU
Além da segurança, os participantes da Parada Gay do Cabo terão apoio de equipes do SAMU
O Cabo de Santo Agostinho, que realiza o evento no dia 6 de setembro, participou mais uma vez de uma reunião sobre segurança nas Paradas LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros), que vão acontecer em Pernambuco. Na última segunda-feira (10/08), representantes das Secretarias de Programas Sociais e de Defesa Social do município estiveram presentes em um encontro realizado na sede da Secretaria de Defesa Social do Estado (SDS), no Recife.

Segundo o coordenador de Política LGBT do Cabo, Fernando Rodrigues, a reunião teve o intuito de discutir as medidas de segurança adotadas durante as Paradas LGBT. “No Cabo, a Parada é um evento tranquilo e sem grandes ocorrências, mas que merece a atenção para que todos os participantes se divirtam e tenham tranquilidade durante o evento”, disse. “Esse apoio é fundamental para que o nosso município junto com os organizadores do evento adotem todas medidas de segurança”, completou ele.

Na reunião, ficou definido que na Parada do Cabo terá uma Delegacia Móvel e o apoio da Polícia Militar (PM), do SAMU e das equipes das Secretarias Municipais de Saúde e de Defesa Social.

O encontro contou com a presença da Delegada da Polícia Civil, Verônica Azevedo, do gerente de Trânsito e Transporte do Cabo, Márcio Nogueira, do comandante do do 18º Batalhão de Política Militar (BPM) o tenente Coronel, Ivan José de Melo e de representantes da Parada LGBT do Recife, do Fórum LGBT e outros integrantes da PM.

PARADA

A Parada do Orgulho LGBT do município, que terá esse ano sua 13ª edição, é organizada pelo Grupo Homossexual do Cabo (GHC). O evento será realizado no próximo dia 6 de setembro. A concentração será em frente à escola-modelo Professor Antônio Benedito da Rocha, situada no Loteamento Garapu.

Texto: Amanda Falcão – Ascom da SMPS/Cabo

SEM COMENTÁRIOS