Educadores populares homenageiam Paulo Freire em Olinda

50
0
COMPARTILHAR

Cirando lúdica realizada no inicio do encontro (Foto: Renata Lopes)
Se estivesse vivo o patrono da educação brasileira, Paulo Freire, completaria 96 anos de idade. E para comemorar essa data, a Prefeitura de Olinda promoveu nesta terça-feira (19.09) o Encontro de Educadores Populares, no auditório da Focca. Participaram educadores sociais do município locados nas áreas da Saúde, da Assistência Social e da Cultura. O objetivo é proporcionar intercâmbios entre os profissionais que atuam no setor, estimulando a troca de saberes vividos pelos atores sociais levando em consideração as especificidades de cada área.

O encontro começou com uma ciranda, em que todos os participantes puderam de forma lúdica vivenciar parte do universo proposto por Paulo Freire. O incansável Padre Reginaldo Veloso, palestrante do dia, abordou com propriedade os caminhos para educação popular no município, entre eles, o estimulo à consciência de direitos, desenvolvimento das identidades culturais locais, a cultura da sustentabilidade, Cultura da tolerância, cultura de Paz e Cultura da Justiça Social.

O educador Paulo Freire
“A história e o fazer de Paulo Freire como educador divide a educação brasileira antes e depois dele. A obra do educador tem tanta vitalidade e tanto vigor, que ela saiu da sala de aula e está presente no fazer desses educadores sociais através dos programas de educação complementar. E essa presença numerosa de educadores sociais aqui neste encontro em Olinda mostra que podemos trabalhar educação em todos os espaços. Na saúde, na assistência social, no esporte e principalmente na cultura”, fala com entusiasmo Padre Reginaldo, como é popularmente conhecido.

Renata Lopes, coordenadora de Projetos da Secretaria de Educação de Olinda aborda a importância de encontros desta natureza para o município. “É uma oportunidade ímpar dentro da cidade, em uma data tão simbólica como o nascimento de Paulo Freire. Trazer pessoas para conversar sobre essa educação mais humanizada e humanizadora dentro de uma escola, no posto de saúde ou em uma casa de acolhimento”. Enfatiza a coordenadora.

A secretaria de Educação dispõe de vários programas dentro da rede pública de ensino, que trabalham com educação complementar. “Nós temos o programa de erradicação do trabalho infantil, Olinda Mais Presente, Passo a Passo através do Frevo, Programa Saúde na Escola em parceria com a Secretaria de Saúde” destaca Renata.

Rita de Cássia, educadora, ressalta a importância de momentos como este e suas experiências. “O encontro foi muito positivo, poder aprender com as experiências do outro. percebi que para ser educador social você tem que aprender a observar o outro. O contexto histórico do individuo. Hoje estou atuo entre a Funase e Programa Atitude. O primeiro faz parte do sistema Socioeducativo em regime fechado. O outro é referente à politica de Drogas focado na perspectiva da Redução de Danos”, explica Rita.

Em outubro, com apoio da Prefeitura de Olinda, educadores sociais e populares do município irão participar do Encontro Nacional de Educadores Sociais (ENES), de 11 a 15 de Outubro, em Fortaleza (CE). Se você tiver interesse de participar, basta acessar: https://www.enes7.org/

SEM COMENTÁRIOS