Feriadão de Sete de Setembro aquece hotelaria em Pernambuco

79
0
COMPARTILHAR

A ilha de Fernando de Noronha é o roteiro mais procurado pelos turistas que vêm a Pernambuco no feriadão.
Tradicionalmente conhecido como o mês da “abertura do verão” no Nordeste, setembro marca também o início da movimentação intensiva de turistas em Pernambuco, um dos principais destinos turísticos da região. A previsão para o primeiro grande feriado da temporada no Estado já anuncia a intenção dos visitantes em incluir Pernambuco no seu roteiro de viagens, nos próximos meses. A taxa de ocupação hoteleira para o de Sete de Setembro no Estado é bastante animadora. Cerca de 85% dos meios de hospedagem dos destinos indutores do Estado já estão reservados para os visitantes, como revela pesquisa realizada pela Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, por meio da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Pernambuco (ABIH).

O Arquipélago de Fernando de Noronha é o destino com maior expressividade na pesquisa. A taxa de ocupação da ilha para o feriadão é de 97%, quase o total de acomodações do destino. Ipojuca registra uma taxa de ocupação de 92% para o feriado e a capital, Recife, de 62%.

A expectativa da movimentação de passageiros no Aeroporto Internacional do Recife para o feriadão também é bastante animadora. Até a segunda-feira (11), cerca de 154 mil passageiros circularão no principal portão de entrada de turistas do Estado. Quando comparado ao mesmo período de 2016, a movimentação de passageiros no Aeroporto do Recife durante o feriado de Sete de Setembro representará uma variação positiva de quase 27%. No ano passado, 121 mil passageiros circularam no equipamento no mesmo período.

Pernambuco vem de uma sequência positiva, principalmente em relação à ocupação hoteleira. O mês de julho também aqueceu o segmento da hotelaria no Estado. Ao todo, o Estado recebeu mais de 300 mil hóspedes somente no mês de julho de 2017, enquanto em 2016 o número foi de quase 222 mil no mesmo mês. Tudo isso resultou em um acréscimo de 4% na taxa de ocupação.

De modo geral, as pesquisas representam a predileção dos turistas por Pernambuco, um estado múltiplo quando se trata de opções de destinos que vão dos de sol e mar aos de temperaturas mais amenas. Em termos econômicos, a movimentação turística no Estado já representa uma injeção superior a R$ 4 bilhões na economia, no acumulado de janeiro a julho de 2017. As projeções seguem otimistas para os próximos meses, principalmente para períodos de grande circulação de hóspedes no Estado.

SEM COMENTÁRIOS