Náutico permite virada do Paraná e amarga nova derrota na Série B

25
0
COMPARTILHAR

Paraná vira para cima do Náutico, que afunda na lanterna ((Foto: Divulgação/Náutico)
Em um jogo tecnicamente fraco na Arena Pernambuco, o Paraná Clube foi buscar nos acréscimos uma vitória de virada, por 2 a 1, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a equipe pernambucana segue na lanterna, com dois pontos ganhos. Já o Tricolor, com nove pontos, se afastou da zona de rebaixamento, chegando à 10ª colocação.

O Timbu abriu a contagem aos cinco minutos da primeira etapa, com Vinicius, que aproveitou falha de RIchard para estufar a rede. Três minutos depois, Minho pegou rebote e chutou bonito para deixar tudo igual. Mas, aos 46 minutos do segundo tempo, Robson decretou a virada.

Na próxima rodada, o Náutico encara o Boa Esporte, sábado, no estádio Dilzon Melo, em Varginha. Já o Paraná Clube entra em campo na sexta-feira, diante do Figueirense, na Vila Capanema.

O JOGO

A partida começou equilibrada, com os dois times se estudando, mas aos cinco minutos, uma falha do goleiro Richard, que errou uma saída de bola, deu a chance para Vinícius dominar e chutar para o fundo da rede, abrindo o placar para o Timbu. O Tricolor respondeu rápido e, aos oito minutos, Minho pegou sobra de bola na entrada da área e bateu no ângulo para deixar tudo igual.

Os gols saíram rápido, mas o ritmo da partida era lento, sem muitas oportunidades criadas. Aos 17 minutos, recuo de Cristovam para Richard, mas desta vez o goleiro paranista acertou o chutão. Aos 19 minutos, Robson cobrou falta com fora e a bola passou raspando a meta de Tiago Cardoso.

As achoes seguias restritas ao meio-campo, com bastante equilíbrio entre os times. Aos 31 minutos, Felipe Alves chutou de longe e o goleiro alvirrubro defendeu em dois tempos. Com dificuldade para encaixar os passes, Erick tentou resolver sozinho, fez fila, e chutou rasteiro, pela linha de fundo. Mais Náutico no ataque, aos 37 minutos, com Giovanni pegando de primeira para boa defesa de Richard.

Para a segunda etapa, o Paraná voltou com Matheus Carvalho no lugar de Guilherme Biteco. Pelo Timbu a novidade foi Iago no lugar de Gerônimo. Aos quatro minutos, Robson avançou pela lateral e cruzou para Minho testar pela linha de fundo. Aos sete minutos, Minho fez a jogada individual, cruzou, mas a defesa pernambucana afastou.

O Timbu voltou a arriscar aos 11 minutos, com Iago arrematando de longe para defesa de Richard. Aos 17 minutos, Esquerdinha cobrou falta na área e a defesa paranista conseguiu interceptar. Bom lançamento para Gabriel Dias, aos 20 minutos, mas Tiago Cardoso deixou a meta para salvar. Resultado era ruim para os dois times, mas principalmente para o time da casa, que seguia na lanterna.

O técnico Cristian Souza decidiu então colocar pela primeira vez em campo Rafhael Lucas. Aos 36 minutos, Alison recebeu na entrada da área e chutou forte, por cima da meta. O Náutico tentou uma pressão final. Aos 38 minutos, Erick recebeu na área. Tirou o goleiro, mas Richard se recuperou. O troco veio aos 44 minutos, Wallace testou para baixo, a bola subiu e carimbou o travessão. Mas, aos 46 minutos, Robson recebeu de Gabriel Dias e tocou para a rede e fechou o placar.

FICHA TÉCNICA

NÁUTICO 1 X 2 PARANÁ

Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE)
Data: 13 de junho de 2017, terça-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido R de Souza – SP (CBF)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Fabio Rogério Baesteiro (SP)
Cartões amarelos : Jeanderson e Erick (Náutico); Leandro Vilela e Jhony (Paraná)

NÁUTICO: Vinícius, aos 05 minutos do primeiro tempo

PARANÁ: Minho, aos 08 minutos do primeiro tempo e Robson, aos 46 minutos do segundo tempo

NÁUTICO: Tiago Cardoso; Joazi, Aislan, Feliphe Gabriel, Jeanderson; Renan Paulino, Amaral, Giovanni (Esquerdinha); Erick, Gerônimo e Vinicius (Alison).
Técnico: Waldemar Lemos

PARANÁ:

Richard, Cristovam, Wallace, Brock e Igor; Leandro Vilela (Jhony), Gabriel Dias, Minho e Guilherme Biteco; Robson e Felipe Alves.
Técnico: Cristian de Souza

Da Gazeta Press

SEM COMENTÁRIOS

COMENTE ESTA NOTÍCIA