Voo Recife-Madri começa operar no próximo dia 20 de dezembro

57
0
COMPARTILHAR

Madrid, a capital da Espanha, ligada ao Recife a partir de dezembro por voo direto
A cerimônia teve as participações do governador Paulo Câmara, do secretário estadual de Turismo, Esportes e Lazer, Felipe Carreras, da secretária de Turismo do Recife, Ana Paula Vilaça, que representou o prefeito Geraldo Julio, do diretor executivo da Globalia, Javier Hidalgo, de Lisandro Menu Marque, diretor de desenvolvimento internacional da empresa, e de Enrique Martin-Ambrosio, diretor da Air Europa no Brasil.

Além do voo, o Governo de Pernambuco, em uma ação inédita, fechou uma parceria para a área de educação do Estado com a Globalia. O grupo espanhol vai disponibilizar passagens aéreas de ida e volta, Recife – Madri, para os alunos da rede estadual de ensino que participam do Programa Ganhe o Mundo.

A Globalia também vai apoiar a instalação de cursos técnicos em atendimento hoteleiro e guias turísticos em escolas técnicas que serão inauguradas nos próximos meses. Serão promovidos a capacitação e o intercâmbio dos professores pernambucanos, que levarão os melhores alunos para estagiar em setores da empresa dentro e fora do Brasil.

“Pernambuco se destaca no Brasil por ser o Estado do futuro, pois, há dez anos, apostou que precisava ter um grande valor, e esse valor demos à Educação dos nossos jovens”, destacou Paulo Câmara. O governador lembrou que o Ensino Médio Público de Pernambucano saiu da 21ª colocação, em 2007, para o primeiro lugar no País. “Essa é uma agenda do futuro. Uma agenda que queremos construir com muita gente. E Javier (Hidalgo) também colocou esse valor como sendo muito importante. Por isso, ele vai nos ajudar”, completou.

O governador pernambucano antecipa que uma das parcerias da empresa espanhola e o Governo do Estado será com o Programa Ganhe o Mundo, pelo qual mil estudantes do segundo ano do Ensino Médio de Pernambuco fazem intercâmbio no exterior dos idiomas espanhol e inglês. “Muitos desses jovens vêm para a Espanha. Trazemos, por ano, 25, mas a Air Europa afirmou que vai nos ajudar a mais do que dobrar esse número”, comemorou Paulo.

Segundo Hidalgo, a América Latina tem um grande potencial para expandir o setor de turismo e a Air Europa deseja que o Brasil seja a “porta de entrada” para que isso aconteça. “Vamos potencializar a marca Pernambuco na Espanha e na Europa. Recife terá acesso a 100 destinos a partir de Madri”, informou. Javier acredita que Pernambuco pode ser um destino alternativo para os espanhóis e europeus ao México, República Dominicana, Caribe e Cuba.

SEM COMENTÁRIOS