Náutico encara o Serra Talhada de olho na primeira vitória no Pernambucano

178
0
COMPARTILHAR

Gaston Filgueira e Jefferson Nem durante à coletiva de imprensa  Foto: Alexandre Wolkoff
Gaston Filgueira e Jefferson Nem durante à coletiva de imprensa
Foto: Alexandre Wolkoff
Dois jogos, um empate e uma derrota. Este é o retrospecto do Náutico até o momento no Campeonato Pernambucano. O Timbu passou em branco na rodada de abertura do estadual contra o Salgueiro e perdeu para o Sport por 1×0, com um gol irregular, validado pelo árbitro Emmerson Sobral. Portanto, a partida contra o Serra Talhada, nesta quarta-feira (11), às 21h20, na Itaipava Areana Pernambuco tornou-se de caráter decisivo.

Para este confronto, o técnico Moacir Júnior não poderá ainda contar com as presenças de Elivelton, João Paulo, e Stefano Yuri. Elivelton ainda sente um pequeno incômodo na coxa, João Paulo está na transição e será liberado num prazo de aproximadamente 10 dias, e Yuri ainda permanece um o dedo do pé inchado, sem condições de jogo.

Por outro lado, o técnico alvirrubro ganhou uma agradável surpresa. O atacante Jefferson Nem, de apenas 18 anos, foi bastante elogiado por Moacir, após o jogo contra os rubro-negros. Nem entrou no decorrer do segundo tempo e mudou o panorama da partida, levando perigo à meta rubro-negra, como no chute de fora da área, que obrigou Magrão a se esticar, evitando o empate. O fato de ter participado pela primeira vez de um jogo oficial, principalmente em um clássico tradicional e de bastante rivalidade não intimidou o garoto, que concedeu sua primeira coletiva, na sala de Imprensa do CT Wilson Campos.

“Meu jeito de jogar é esse. Pego a bola e vou para dentro dos caras. O professor pediu para entrar em campo e jogar o meu futebol. Procurei fazer o melhor e ajudar o Náutico”, falou o jovem atleta, mostrando personalidade.

Moacir disse que Nem poderá ser bastante útil diante do Serra Talhada. Quando perguntado sobre o atleta começar a partida de frente, o técnico alvirrubro foi cauteloso e pediu um pouco de paciência por se tratar de um jogador ainda em formação. Para ele, Nem é uma pérola rara que precisa ser burilada.

“Ele é um excelente jogador, mas ainda muito jovem. Teve partidas que ele entrou bem, outras não, portanto é preciso ter um pouco de paciência com esse garoto. Quero ser o treinador responsável por lançá-lo e não por queimá-lo por precipitação”, disse.

Quem também esteve presente na coletiva de imprensa foi o artilheiro alvirrubro na temporada, com dois gols, o lateral Gaston Filgueira. O Uruguaio vem fazendo boas performances com a camisa alvirrubra e espera conquistar a primeira vitória no estadual.

“Sabemos que a equipe deles teve uma vitória expressiva contra o Santa Cruz, vem jogando desde o início do campeonato e isso ajuda bastante no entrosamento. Mas a gente começou a jogar bem e espero que nesta partida a gente possa conquistar o resultado positivo que almejamos tanto e tenho certeza que ele virá”, disse Gaston.

Alexandre Wolkoff

SEM COMENTÁRIOS