Náutico prepara Jefferson para se firmar no gol como titular

60
0
COMPARTILHAR

Prata da casa, Jefferson se prepara para assumir o lugar de Tiago Cardoso (Foto: Divulgação/CNC)
Em sua temporada com mais atuações desde que se tornou profissional – nove até o momento -, o goleiro Jefferson está pronto para ser o novo dono da meta alvirrubra. Após a saída de Tiago Cardoso, o arqueiro revelado nas categorias de base terá mais uma sequência de jogos para se firmar na posição e tem como meta terminar a temporada como titular.

“Estou preparado. Como já falei em outras ocasiões, essa é uma oportunidade de ouro para mim. Sei que é difícil substituir Tiago Cardoso, mas darei o meu melhor para ajudar o Náutico até o final do campeonato e salvar o clube do rebaixamento. Para mim, isso seria a mesma coisa que conquistar um Brasileiro”, afirmou o goleiro alvirrubro.

Após a partida contra o Luverdense-MT, na última sexta-feira, o técnico Roberto Fernandes falou que continuará observando Jefferson nos próximos jogos. Antes, conversou com o goleiro, tentou passar segurança para que aproveite a oportunidade da melhor maneira possível.

“Roberto Fernandes conversou comigo antes do jogo, no final da tarde. Me deu confiança para fazer um bom jogo, disse que a oportunidade estava nas minhas mãos. A confiança dos jogadores eu tenho no dia a dia, nos treinos e mostrando meu trabalho. E a experiência só se adquire jogando. A cobrança é maior por ser da casa e isso pesa um pouco, mas espero fazer o mesmo que Rodolpho (goleiro formado no Timbu) que abriu o caminho para mais goleiros da base”, concluiu.

Técnico conta com evolução para o
time deixar a zona de rebaixamento

Sem euforia, Roberto Fernandes acha que o Náutico pode sair da zona de rebaixamento (Foto: Divulgação/CNC)
O técnico Roberto Fernandes não poderia desejar uma estreia melhor no seu retorno ao Náutico. Com apenas dois dias de trabalho, venceu o Luverdense-MT por 1×0 e manteve a equipe em reação na Série B. O comandante alvirrubro, lógico, celebrou o resultado, porém, conteve a euforia dos alvirrubros e manteve os pés no chão. Mas o treinador não deixou de valorizar a entrega dos atletas.

“A atitude dos jogadores no vestiário antes da partida, em campo e nos treinos, me deixa muito feliz. Eu já vejo alegria, e sei que o grupo vai vender muito caro as derrotas. Com vitória é mais fácil corrigir as coisas”, ressaltou Roberto Fernandes.

De acordo com o treinador, o Timbu ainda precisa evoluir para escapar da zona de rebaixamento. É preciso corrigir algumas situações e encontrar o equilíbrio para que novas vitórias aconteçam.

“Na situação que o Náutico está, dentro de uma realidade de pontuação, nada é mais importante do que vencer. Cabe ao treinador e à comissão técnica entender que a vitória não pode esconder nada, fazer com que a gente pense que está tudo bem. Precisamos melhorar como um todo. Ninguém faz uma campanha com tão poucos pontos apenas por uma situação”, finalizou.

Por Clauber Santana

SEM COMENTÁRIOS