Náutico vence o Luverdense na volta de Roberto Fernandes

40
0
COMPARTILHAR

Náutico venceu o Luveerdense por 1 a 0, em partida disputada na Arena de Pernambuco. (Foto: CNC)
Na noite desta sexta-feira, o Náutico recebeu o Luverdense na Arena Pernambuco, em partida válida pela 19ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Na estreia do técnico Roberto Fernandes e ao lado da torcida, o Timbu venceu por 1 a 0 e segue lutando para deixar a lanterna da competição.

O Luverdense jogou quase todo o segundo tempo com um a menos, e o Náutico soube aproveitar a vantagem. O gol da equipe pernambucana foi marcado aos 18 minutos da etapa final, após Erick converter a penalidade máxima. Com o resultado, o Timbu chega a 14 pontos, mas segue na lanterna da Série B. Já o Verdão do Centro-Oeste estacionou nos 20 e permanece no Z4.

O Luverdense volta a atuar na próxima terça-feira, às 21h30 (de Brasília), contra o Juventude, em casa. Por sua vez, o Náutico mede forças contra o América-MG, no Independência, às 21h30.

O JOGO

Jogando em casa, o Náutico começou melhor na partida, se lançando ao ataque e buscando abrir o placar. Aos 15 minutos do primeiro tempo, Iago cruzou pela esquerda e Erick, sozinho na segunda trave, finalizou para cima, perdendo uma grande chance para o time pernambucano.

O Luverdense não deixou barato e respondeu no minuto seguinte. Douglas Baggio chutou de fora da área e viu o goleiro Jefferson espalmar sem firmeza, e a bola saiu para escanteio. Porém, o time de Lucas do Rio Verde não aproveitou o bom momento.

O Náutico voltou ao ataque e tentava criar jogadas de perigo, seja com escanteios ou com chutes de fora da área. Porém, o Timbu pecava nas finalizações, assim como o time de Mato Grosso. A última boa chance da primeira etapa foi dos donos da casa, aos 45, mas o goleiro Diogo Silva fez duas boas defesas e manteve o zero no placar.

Logo no início da etapa final, aos cinco, o Luverdense sofreu uma baixa. Ricardo recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso, deixando a equipe de Mato Grosso com um a menos.

Com isso, o Náutico cresceu na partida e, aos sete, Iago apareceu na cara de Diego Silva, que conseguiu a defesa, auxiliado pela finalização pouco inspirada do atacante. Jogando no contra-ataque, o Luverdense teve uma ótima chance aos 11, quando Alfredo recebeu cruzamento sozinho de frente para o gol, mas chutou para fora.

O Timbu abriu o placar aos 18 minutos. Aderlan fez falta em Iago e o juiz assinalou penalidade máxima. Na cobrança, Erick bateu no canto, com força e sem chances para o goleiro rival, colocando os donos da casa na frente do marcador.

Depois do gol, o jogo perdeu intensidade, e as equipes não conseguiam chegar com perigo. Nos minutos finais da partida, ambas equipes tentaram criar novas chances, mas a rede não balançou.

FICHA TÉCNICA

NÁUTICO 1 x 0 LUVERDENSE

Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE)
Data: 04 de agosto de 2017, sexta-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)
Assistentes: Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha (RJ) e Diogo Carvalho Silva (RJ)
Cartões amarelos: William Schuster, Darlan Bispo e David (Náutico); Ricardo, Pablo, Aderlan e Paulinho (Luverdense)
Cartão vermelho: Ricardo (Luverdense)
Gols: NÁUTICO: Erick, aos 18 minutos do segundo tempo

NÁUTICO: Jefferson; David, Breno, Feliphe Gabriel e Diego Miranda; Darlan Bispo, Bruno Mota (Cal Rodrigues) e Erick; Vinícius ( William Schuster), Gilmar e Iago (Leílson)
Técnico: Roberto Fernandes

LUVERDENSE: Diogo Silva; Aderlan, Pablo, William e Paulinho; Ricardo, Moacir e Sérgio Mota; Erik, Alfredo (Raphael Macena) e Douglas Baggio (Léo Cereja)
Técnico: Júnior Rocha

Da Gazeta Press

SEM COMENTÁRIOS