Santa Cruz perde para o Atlético-PR e deixa a Copa do Brasil

108
0
COMPARTILHAR

Nikão abriu o placar na Arena da Baixada para o Atlético Paranaense (Divulgação/CAP)
O Santa Cruz não conseguiu passar pelo Atlético Paranaense na partida disputada na arena da Baixada, em Curitiba, e despediu-se da Copa do Brasil de 2017. os donos da casa garantiram a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil 2017 ao construir o placar de por 2 a 0. Na primeira partida, no estádio do Arruda, os times não passaram de um empate sem gols.

O Rubro-Negro do Paraná abriu a contagem logo aos cinco minutos da primeira etapa, com Nikão, aproveitando passe para dominar e bater rasteiro. O segundo veio depois do intervalo, aos 23 minutos, com Lucho González, aproveitando sobra de bola para estufar a rede e garantir a vaga para a próxima fase da competição.

Agora, o Furacão espera pelo sorteio para conhecer seu adversário. Antes, volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro, com clássico diante do Coritiba marcado para sábado, no Couto Pereira.

O JOGO

O Furacão, precisando de gols, já tentou mostrar o cartão de visitas logo aos dois minutos, com Lucho arriscando de longe, mas fraco, praticamente um recuo. A Cobra Coral respondeu, aos três minutos, com André Luís, que aproveitou vacilo de Otávio para dominar e bater forte, por cima da meta. Porém, aos cinco minutos, após troca de passes, Nikão recebeu e bateu rasteiro para abrir o placar.

O Santa Cruz ainda podia buscar o empate com gols par ficar com a vaga, mas não conseguia passar do meio-campo, sofrendo coma forte marcação atleticana. Aos 13 minutos, Pablo tentou cruzar a bola, mas a bola foi direto pela linha de fundo. Apesar do domínio em campo, depois do gol o Atlético desacelerou e pouco criava.

O time pernambucano fez a primeira mudança aos 30 minutos, com a saída de Tiago Costa, machucado, para a entrada de Roberto. Aos 32 minutos, Matheus Rosseto abriu espaço na marcação e soltou o pé, por cima da meta. Lançamento para Pablo, em liberdade, aos 38 minutos, mas o árbitro parou para marcar impedimento. Lance incrível aos 40 minutos, com Nikão mandando um petardo e Elicarlos aparecendo para salvar em cima da linha.

Para a segunda etapa, as equipes voltaram sem novas alterações. O Santa voltou mostrando vontade e, aos dois minutos, Halef Pitbull recebeu na área e chutou colocado para grande defesa de Weverton. A fase de Grafite não mudava e, aos quatro minutos, o atacante cabeceou para baixo, e Júlio César salvou com o pé. O jogo começou a ficar perigoso para o Furacão. Aos sete minutos, André Luís carregou a bola e chutou na trave.

O jogo era movimentado e, aos 16 minutos, Roberto chegou pelo lado esquerdo e soltou o pé para defesa tranquila de Weverton. O Atlético seguia perdendo gols. Aos 22 minutos, Douglas Coutinho foi lançado e Júlio César sal da meta para salvar mais uma. Até que, aos 23 minutos, Lucho González pegou sobra de bola após chute de Douglas Coutinho e tocou para rede, ampliando a vantagem. O segundo gol matou a Cobra Coral. Aos 39 minutos, Eduardo da Silva subiu para cabecear, mas errou o alvo.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-PR 2 X 0 SANTA CRUZ-PE

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 31 de maio de 2017, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)
Cartões amarelos: Eduardo da Silva, Douglas Coutinho (Atlético-PR); Nininho (Santa Cruz)

Gols
ATLÉTICO-PR: Nikão, aos 05 minutos do primeiro tempo e Lucho González, aos 23 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-PR: Weverton, Gustavo Cascardo, Wanderson, Thiago Heleno e Sidcley (Nicolas); Otávio e Matheus Rossetto; Nikão, Lucho e Pablo (Douglas Coutinho); Grafite (Eduardo da Silva)
Técnico: Eduardo Baptista

SANTA CRUZ : Júlio César; Nininho, Anderson Salles, Bruno Silva, Tiago Costa (Roberto); Elicarlos, David e André Luís; William Barbio (Léo Costa), Everton Santos e Halef Pitbull (Facundo Parra)
Técnico: : Vinícius Eutrópio

Da Gazeta Press

SEM COMENTÁRIOS