Governo de PE informatiza a gestão pública estadual

63
0
COMPARTILHAR

Modelo é pioneiro e será expandido para todo Poder Executivo
Mesmo diante de uma das crises econômicas mais profundas do País, o Governo Paulo Câmara, através da Secretaria de Administração (SAD), consegue dar um dos passos mais significativos para a sua administração: implantar o novo modelo de gestão integrada do Estado. Denominado PE-Integrado, e definido como meta prioritária de Governo, o novo sistema integra cinco grandes áreas de negócio da Administração Pública Estadual (compras, licitações, contratos, patrimônio e almoxarifado) e será implantado em todos os órgãos e entidades do Poder Executivo.

Para o secretário de Administração, Milton Coelho, esta ferramenta é um grande ganho para o Estado, bem como para a sociedade pernambucana. ”Além de ser considerado um dos maiores motores de inovação da administração pública, traz mais economicidade e controle aos gastos públicos, padronizando fluxos e garantindo celeridade aos processos”, ressaltou o secretário.

Já o secretário executivo de Administração, José Augusto Bichara Filho, enfatizou que com o PE-Integrado é possível priorizar o gerenciamento e a segurança das informações públicas, bem como dar mais transparência aos trâmites do Poder Executivo. “Com a implantação da nova ferramenta, substituiremos o uso do papel por processos eletrônicos e certificação digital”, complementa Bichara.

Ainda sob o enfoque dos benefícios para a Administração Estadual, o gerente geral de Serviços Corporativos do Estado, Marcelo Coelho, pontuou que o PE-Integrado proporciona uma nova dinâmica nas tomadas de decisão, elevando a gestão pública estadual a um patamar jamais visto. “O novo sistema assume papel estratégico no fomento à modernização, e em breve será a espinha dorsal da gestão Estadual”, vislumbra Coelho.

O cronograma prevê a implantação da ferramenta com todos os seus módulos até 2019. Também estão previstos treinamentos para todos os servidores que atuam nas áreas de negócio contempladas pelo Sistema PE-Integrado. Os treinamentos, que acontecerão no Centro de Formação dos Servidores Públicos de Pernambuco (Cefospe), terão início em agosto deste ano e serão ministrados pela equipe da SAD e Paradigma, empresa responsável pelo desenvolvimento do sistema. A capacitação contemplará inicialmente 1200 multiplicadores das áreas de compras e licitações; e o calendário com os dias e a duração será divulgado em breve pela Secretaria de Administração.

A gerente de Sistemas Integrados de Gestão do Estado (GESIG), Kilma Lima, ressaltou a complexidade da implantação de um sistema como o PE-Integrado, que resulta mudanças na cultura processual do Estado. Kilma lembra ainda que a implantação do PE-Integrado atenderá à nova Política Contábil do Estado, baseada nas Normas Brasileiras de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público (NBCASP), e que, por isso, torna-se imprescindível que todos os órgãos estejam aptos a manusear o sistema, uma vez que o mesmo será base de informações para as gestões contábil e de custos do Estado. “Será um trabalho extenso, mas que trará ganhos significativos em termos gerenciais”, finalizou.

SEM COMENTÁRIOS