Conheça cinco piscinas naturais em praias nordestinas

Piscinas naturais estão situadas nas praias nos estados de Alagoas, Bahia, Paraíba e Rio Grande do Norte

As praias do Nordeste são famosas no resto do país por muitos motivos, entre eles, que é possível nadar perto de barreiras de corais e ainda admirar a biodiversidade marinha. A seguir, contaremos mais sobre cinco lugares deste estado que possui piscinas naturais que podem ser visitadas por turistas e população local.

Piscinas naturais do Nordeste

Maracajaú – Maxaranguape (RN)

Uma das piscinas naturais está na praia da Maracajaú, distante quase 50 km de Natal. Desse local saem os passeios de barco rumo às barreiras de corais, a 7 km da costa. O lugar paradisíaco possui piscinas tão profundas, que apenas em dias em que a maré está muito baixa que é possível encostar o pé no chão. Apesar disso, somente com o uso de um snorkel que a pessoa consegue visualizar boa variedade de peixes, sem a necessidade de mergulhar com cilindro.

Picãozinho – João Pessoa (PB)

O acesso às piscinas naturais de Picãozinho ainda proporciona uma vista para a capital João Pessoa (PB) e seus prédios. Ali, os recifes ficam a 1,5 km da praia de Tambaú. O peixe sargentinho é onipresente, totalmente adaptado à presença de seres humanos e nada numa boa em volta dos turistas em busca de comida. Quem gosta de aproveitar o local mais vazio, pode pegar uma lancha e chegar rapidamente antes dos catamarãs.

Piscinas naturais em Maragogi – Alagoas

Na região de Maragogi, podemos encontrar as mais conhecidas piscinas naturais, as Galés. As operadoras de turismo se revezam no local, no intuito de preservar os corais do lugar. Isso inclui também os visitantes levados por barcos até às piscinas de Barra Grande, Taocas e Barreira de Peroba. No entanto, nem sempre o turista toma conhecimento deste rodízio e pensa que está indo rumo às Galés. De qualquer forma, vale muito a pena o passeio também nestes locais, que chamam bastante atenção por conta da cor da água em tom azul turquesa.

Taipu de Fora – Maraú (BA)

O principal atrativo da península de Maraú, na Bahia, são as piscinas naturais que se formam na praia durante a maré baixa. No verão, o mar é de um verde bastante intenso, com águas cristalinas que possibilitam visualizar seu fundo. Uma dica é viajar a este local no período de lua cheia ou nova, que é quando a maré fica mais baixa.

Quarta Praia – Cairu (BA)

Por fim, o destino da Quarta Praia, pertencente ao município de Cairu, também na Bahia, revela suas piscinas naturais de águas mornas no decorrer de toda sua extensão, de 4 km, durante a maré baixa. Portanto, nem é necessário mergulhar para conseguir ver peixes por ali. Parecendo uma pintura emoldurada por coqueiros, a orla está situada na vila de Morro de São Paulo, onde as praias são nomeadas nesta sequência: Primeira, Segunda, Terceira, Quarta e Quinta.

Após conhecer melhor onde é possível usufruir de piscinas naturais no litoral do Nordeste, basta escolher qual o destino combina mais com você e partir para lá.

Fonte: Folha de S. Paulo

*Foto: Divulgação