Cruzeiro do Alto da Sé começa a ser restaurada em Olinda

Peça do Cruzeiro do Alto da Sé começou hoje (7) foi depredada em agosto deste ano e passará por recuperação após assinatura de acordo com MPPE

A Prefeitura de Olinda (PE) começou nesta segunda-feira (7) a restauração do Cruzeiro do Alto da Sé, situado no Sítio Histórico da cidade. A viabilização ocorreu após assinatura de termo de compromisso com o Ministério Público de Pernambuco (MPPE). A peça datada do século 18 foi depredada no mês de agosto, durante um ato de vandalismo.

Restauração do Cruzeiro do Alto da Sé

Na última sexta-feira (4), o acordo foi celebrado em um encontro que contou com a participação de representantes da Secretaria Municipal de Patrimônio, Cultura, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Sepacturde), em uma das unidades do MPPE.

Contudo, parte da requalificação do Cruzeiro do Alto da Sé será financiada por iniciativa de ex-alunos do colégio Academia Santa Gertrudes. Eles arrecadaram R$ 18 mil por meio de uma campanha virtual. O restante dos recursos virá da Prefeitura, no valor de R$ 10 mil.

Catedral de São Salvador do Mundo

O cruzeiro está situado na parte frontal da Catedral de São Salvador do Mundo, em Alto da Sé, em Olinda. A peça foi parcialmente depredada, em agosto deste ano, durante um ato de vandalismo. Sua recuperação será realizada por Hamilton Martins, profissional especializado em restauração e que também coordenará todo o processo.

Posição do MPPE

Segundo o MPPE, houve uma solução consensual para a recuperação da obra. Ou seja, a partir de quando tomaram conhecimento da criação de uma campanha de arrecadação virtual para o custeio de recuperação do Cruzeiro do Alto da Sé, encabeçada pelo grupo de ex-alunos da Academia Santa Gertrudes, facilitou o acordo.

Na ocasião da depredação, ocorrida em 8 de agosto, o suspeito foi identificado e detido. Além disso, o caso foi investigado pela Polícia Federal pelo fato de o monumento ser um patrimônio histórico tombado.

*Foto: Reprodução/Google Maps