Faturamento da indústria de alimentos encerra 2021 com aumento de 17%

Faturamento da indústria de alimentos também cresceu 3,2% e sua produção, 1,3%, segundo levantamento a Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (Abia)

A indústria brasileira de alimentos encerrou o ano de 2021 com faturamento de R$ 922,6 bilhões. Neste caso, um resultado 16,9% superior ao registrado em 2020. Sendo assim, o montante representa 10,6% do Produto Interno Bruto (PIB) estimado para o ano passado. Os dados foram divulgados ontem (15) pela Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (Abia).

Faturamento da indústria de alimentos segundo dados da Abia

Segundo o levantamento, o faturamento da indústria de alimentos em 2021 cresceu 3,2% e sua produção, 1,3%. Isso considerando apenas as vendas para o mercado interno. O percentual representa 73,5% do faturamento, configurando em um aumento de 1,8%. Já as exportações, que correspondem 26,5% do faturamento, aumentaram 18,6% e alcançaram o patamar recorde de US$ 45,2 bilhões.

Para João Dornellas, presidente-executivo da Abia:

“O avanço da vacinação e o retorno do setor de serviços contribuíram de forma decisiva para a expansão da produção, com geração positiva de emprego e renda no setor. A demanda por alimentos se manteve crescente no Brasil e no mundo, o que fez com que as empresas mantivessem a produção a todo vapor, e contratando mão de obra.”

Aumento do número de funcionários

Por fim, a indústria de alimentos nacional cresceu também no número de funcionários contratados em 2021, 1,2%. O índice é maior do que em 2020, totalizando 1,72 milhão de pessoas, ou 21 mil novos postos de trabalho.

*Foto: Reprodução EPTV