Fenearte movimenta turismo de negócios em Olinda

Com Fenearte, município pernambucano registra 84% de ocupação até este domingo (17), no Centro de Convenções de Pernambuco (Cecon)

Até domingo (17), acontece umas das feiras de turismo mais importantes de Pernambuco, a Fenearte, no Centro de Convenções de Pernambuco (Cecon). O evento ocupará todo o pavilhão de feiras, mezanino, área externa, setores e salas multifuncionais.

Feira Fenearte

Segundo pesquisa feita pela Empetur e pela Secretaria de Turismo e Lazer de Pernambuco, o primeiro final de semana do evento já movimentou os meios de hospedagem de Olinda. A cidade já tinha expectativa de ocupação média de 84% de 8 a 10 de julho. Já a média de permanência é estimada em quatro dias.

Manutenção do Cecon

Porém, para receber um evento desse porte, o Governo de Pernambuco, por meio da Empetur e da Secretaria de Turismo e Lazer, reforçou a manutenção do Cecon. Sendo assim, a gestão aposta no incremento do turismo de negócios no Estado.

Além disso, foram realizadas intervenções na iluminação da área externa e na climatização do Centro de Convenções. Também foi feito o controle de ambulantes e do comércio irregular, e operação de trânsito com ajustes na rota de saída, no estacionamento e na segurança. O estacionamento tem preço único de R$ 10. O público pode estacionar ainda na Fábrica Tacaruna.

Foram realizadas ainda a substituição de cancelas e a instalação de duas cabines fechadas para pagamento em dinheiro na praça de alimentação, e mais quatro caixas volantes, o que incentiva o pagamento antecipado, por meio também de totens automáticos e caixas próximos aos portões da feira. E pela primeira vez os visitantes podem pagar o estacionamento utilizando o celular por meio de um QR Code.

Pesquisas

Conforme levantamento feito pela Empetur, quem visitou a Fenearte em 2021 gastou uma média de R$ 587 por dia. Os pernambucanos foram maioria nas vendas da bilheteria (87,2%) e os turistas responderam por 7,5% e excursionistas, 5,3%. Por outro lado, os principais emissores de turistas foram Nordeste (75,7%), Sudeste (12,2%), Centro-Oeste (5,5%), Norte (4,1%) e Sul (2,4%). Do exterior, a feira recebeu visitantes do Canadá (24,1%), Estados Unidos (17,2%), Portugal (13,8%) e Reino Unido (6,9%).

Viagem

Contudo, a pesquisa revelou ainda que 24,2% dos entrevistados apontaram o desejo de visitar a Fenearte como motivador da viagem. Mas, o artesanato (32,8%) foi o principal estímulo à visitação. Na sequência apareceu a vontade de estar no evento (25,6%) e fazer compras (20,5%). Além disso, 39,5% disseram estar pela primeira vez na feira e 65,7% disseram que o evento superou a expectativa. Entre os pontos positivos estão:

  • localização (89,4%);
  • acesso (86,8%);
  • caixas eletrônicos (86,6%);
  • sanitários/banheiros públicos (85,5%);
  • e estacionamento (85,2%).

Pesquisa de Satisfação com os Artesãos

Todavia, foi feita também a Pesquisa de Satisfação com os Artesãos. O principal meio de transporte utilizado pelos profissionais é o automóvel (34%) e o ônibus fretado (30,2%). O Nordeste é o principal emissor (85,3%) com participação do Norte (6%), Sudeste (4,5%), Sul (2,1%) e Centro-Oeste (2,1%). Foram registradas ainda a presença de artesãos estrangeiros dos Emirados Árabes Unidos, Guatemala, Peru e Uruguai. A principal motivação de todos é vender e divulgar o produto. Os artistas elogiaram também a hospitalidade (91,8%), os meios de hospedagem (83%), os táxis (82,9%), a alimentação (82,1%) e os atrativos turísticos (81,1%).

Realização da Fenearte

Por fim, a Fenearte é uma realização do Governo do Estado por meio da Agência de Desenvolvimento de Pernambuco (Adepe) / Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (SDEC); da Empetur / Secretaria Estadual de Turismo e Lazer; da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) e Secretaria Estadual de Cultura.

*Foto: Reprodução