Micro e pequenas empresas em marketplace: PE e Amazon fecham parceria

Micro e pequenas empresas em marketplace fará com que estes nichos recebam capacitação para que possam vender na loja online da Amazon

O Estado de Pernambuco e a Amazon, gigante multinacional, fecharam acordo para viabilizar capacitação e suporte técnico no processo de acesso ao mercado de vendas online para micro e pequenas empresas de pernambucanas.

Micro e pequenas empresas em marketplace no Pernambuco

O anúncio sobre as micro e pequenas empresas em marketplace no Pernambuco foi feito pelo governador do Estado, Paulo Câmara, na quarta-feira (2). Já o memorando foi firmado em reunião virtual com a participação de executivos da multinacional.

Contudo, o objetivo da parceria é que, ao final do treinamento, os empreendedores pernambucanos tenham a certificação para vender no Amazon Marketplace. Este é um ambiente de e-commerce que possibilita que empresas terceiras ofereçam produtos nos canais de vendas oficiais da Amazon.

Segundo Paulo Câmara:

“Essas oportunidades são muito importantes para gerar renda, empregos e condições de negócios. Todos os municípios pernambucanos, todos aqueles que empreendem, vão ter uma oportunidade importante nessa capacitação de, no futuro, serem parceiros dessa grande empresa que é a Amazon aqui em Pernambuco.”

Governo

Caberá ao Estado a seleção das empresas além da inserção dos conceitos do mercado digital, principalmente os de atuação em marketplaces.

Por outro lado, a Amazon promoverá todo o treinamento e capacitação para ajudar a digitalizar os negócios a partir da sua plataforma. O espaço é um ambiente digital que inclui novos canais de vendas, marketing, logística e gestão.

Integração

A ideia é conectar esses negócios à estrutura online da Amazon para vender de modo simples e com taxas diferenciadas. Com isso, a divulgação dos produtos será melhor nas redes sociais.  

De acordo com Geraldo Julio, secretário estadual de Desenvolvimento Econômico:

“Uma base importante da geração de emprego e renda nas cidades pernambucanas está diretamente conectada às micro e pequenas empresas. Boa parte, inclusive, tem uma estrutura organizada e qualidade do produto, mas tem dificuldade com o digital. São ações desse tipo, de conectar o pequeno empresário ao mercado, que fazem toda a diferença para turbinar os negócios.”

Cursos

Em relação aos cursos, eles serão divididos em dois módulos. O primeiro falará de modo prático de como vender na Amazon, a partir de aulas personalizadas para audiências e setores. O treinamento prático abrange questões como abrir uma conta na plataforma, informações sobre frete e logística e o cadastro dos produtos.

Os treinamentos serão online, ao vivo e também gravados, além de contar com uma sessão de esclarecimento de dúvidas, por meio dos canais de comunicação da empresa.

O segundo módulo de treinamentos (também online) ensinará como acelerar suas vendas na Amazon.

O treinamento prático dessa fase alcançará os seguintes tópicos:

  • opções de logística;
  • como ganhar visibilidade (anúncios e publicidade);
  • como conquistar o consumidor;
  • além de ensinar como criar relatórios e organizar as finanças.

Por fim, Roberto Abreu e Lima, diretor-presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), ressaltou:

“Sabemos que micro e pequenas empresas têm mais dificuldade para digitalizar suas operações, principalmente neste momento delicado da pandemia do novo coronavírus. Nossa meta é ajudar ao máximo as empresas com dificuldades em entrar para o digital. Marketplaces, como o da Amazon, são um caminho mais estruturado para as empresas que precisam começar a vender online.”

A interlocução para a parceria é fruto de ação conjunta da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado e da AD Diper.

*Foto: Divulgação