Parque da Cidade: Jaboatão entrega primeira fase de construção

Parque da Cidade foi inaugurado na terça-feira (29) pelo prefeito Anderson Ferreira

Na terça-feira (29), foi entregue pelo prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira, a primeira fase do Parque da Cidade, que fica no bairro de Prazeres. Ao final das etapas, o equipamento será o maior parque da Região Metropolitana, com 87 mil metros quadrados, atraindo o turismo da região.

Parque da Cidade

Além disso, entre as instalações do parque há o Espaço Romero Britto, em homenagem ao artista plástico, nascido em Jaboatão e que hoje mora nos Estados Unidos. Três obras de sua autoria estarão no Parque da Cidade. as primeiras serão expostas por Romero Britto ao ar livre.

Na cerimônia, duas dessas obras foram descerradas pelo prefeito Anderson Ferreira, marcando a abertura oficial do Parque.

O espaço contará com três letreiros assinados por Britto, sendo um com a marca do Parque da Cidade e outro com o nome “Jaboatão dos Guararapes”, seguindo o estilo colorido do artista.

Equipamentos em funcionamento

Entre os equipamentos que já são utilizados estão: as academias de musculação e da cidade, playground, quadras esportivas, slackline, pista de cooper e ciclofaixa, além da Cãoterapia. O Parque é todo iluminado com lâmpadas de LED para uma maior segurança dos visitantes.

Importância da área de lazer

Ainda durante a entrega, Anderson Ferreira ressaltou a importância da área de lazer, não apenas para Jaboatão, mas também para a Região Metropolitana como um todo.

“Temos o maior parque e um equipamento que passa a ser o cartão-postal de entrada da Região Metropolitana. Nossa cidade agora tem uma área de lazer bem estruturada, segura, onde as famílias poderão realizar atividades físicas, cuidar da saúde e se divertir.”

Segunda fase de entrega do Parque da Cidade

Já na segunda fase, além dos novos equipamentos, será construída uma passarela para facilitar o acesso ao parque e à travessia da Avenida Doutor Júlio Maranhão, e da arborização.

*Foto: Reprodução