Vacinação contra a influenza em PE: Estado autoriza a todos os moradores a partir de seis meses

Vacinação contra a influenza em PE começou na segunda-feira (4)

Começou na segunda-feira (4), a vacinação contra a influenza em PE. Sendo assim, os municípios poderão imunizar todos os moradores a partir dos seis meses de idade. A autorização foi dada pelo Governo do Estado na sexta-feira (1º) e ocorre após o aval do Ministério da Saúde, ocorrido há uma semana.

Vacinação contra a influenza em PE

Até o último domingo (3), o Estado vacinou contra a gripe os grupos prioritários, que soma um total de 3.439.493 de pessoas: idosos; trabalhadores de saúde; crianças de 6 meses a menores de 5 anos; gestantes e puérperas; povos indígenas; professores; pessoas com comorbidades; funcionários do Sistema Privado de liberdade; população privada de liberdade.

Covid

Contudo, para quem recebeu a vacina contra a Covid, conforme orientação técnica do Ministério da Saúde de setembro de 2021, não há problema em ser vacinado contra a gripe, até mesmo no mesmo dia. No início da pandemia, a pasta indicava intervalo de 14 dias entres os dois imunizantes.

Números

De acordo com o Governo de Pernambuco, os municípios podem ampliar o acesso ao imunizante. Porém, devem otimizar seus estoques para priorizar os grupos prioritários, especialmente as crianças e os idosos, considerados os mais vulneráveis. Até agora, em Perrnambuco, para influenza, somente o grupo prioritário formado pelos povos indígenas bateu a meta mínima definida pelo Ministério da Saúde, que é de 90% de cobertura vacinal (91,3%).

Por outro lado, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) se mostra preocupada com a baixa cobertura vacinal entre os grupos prioritários, principalmente pelo fato de que, nesta época do ano, há maior circulação de vírus respiratórios e maior incidência dessas doenças. Conforme explica Ana Catarina de Melo, superintendente de Imunizações de Pernambuco, o público infantil é estimado em 603.525:

“Em Pernambuco, 48,8% das crianças de 6 meses a menores de 5 anos receberam a proteção ofertada pela vacina, com 321.444 doses aplicadas.”

Fato semelhante é identificado entre as pessoas acima de 60 anos. Nesta faixa-etária, apenas 44,9% da meta foi atingida. Foram aplicadas 674.444 doses de um total de 1.252.642 das pessoas aptas.

A supertintendente recorda que as doses da vacina contra gripe incluem as cepas H1N1, H3N2, incluindo a cepa Darwin, e tipo B.

Estoques para imunização de gestantes

Por fim, a SES-PE afirma que as cidades devem ficar atentos aos seus estoques para garantir o acesso das gestantes à vacinação ao longo do ano. Ana Catarina informa que o Ministério da Saúde enviou para Pernambuco nesta campanha nacional de vacinação, mais de 3,5 milhões de doses da vacina contra a gripe.

“A análise do estoque deve incluir uma estimativa do contingente populacional de gestantes de cada território, para assegurar que o acesso seja oportunizado a elas durante todo o ano.”

*Foto: Reprodução