13º do Bolsa Família em PE: estado fará pagamento em parcela única de R$ 150

Pagamento do 13º do Bolsa Família em PE é referente ao ano de 2021, revelou o governador do estado, Paulo Câmara (PSB), durante coletiva de imprensa no começo da semana

No início da semana, o governador Paulo Câmara (PSB) anunciou, em coletiva de imprensa no Palácio do Campo das Princesas, o calendário de pagamento do 13º salário para beneficiários do Bolsa Família de Pernambuco referente a 2021.

13º do Bolsa Família em PE

O 13º do Bolsa Família em PEé um programa estadual que é coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ). O valor pago pode chegar a R$ 150 para cada beneficiário. Além disso, o pagamento será feito entre os dias 14 e 25 de fevereiro, de acordo com o dígito final do Número de Identificação Social (NIS). Os recursos são da ordem de R$ 165 milhões.

No entanto, há uma diferença em relaçãos aos anos anteriores. Neste caso, ele era realizado em três parcelas. Mas, desta vez, será feita em uma única parcela.

Maior programa de distribuição de renda

Contudo, Sileno Guedes, secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, que também participou da coletiva, revelou que o 13º do Bolsa Família é o maior programa de distribuição de renda já realizado no Estado.

“É uma iniciativa que não acontece em nenhum outro Estado, mas Pernambuco tem suas contas organizadas e perseverou nesse compromisso de ter um olhar especial para a população mais vulnerável do Estado.”

Benefício

Atualmente, o programa beneficia 1.190.567 famílias e com o pagamento deste ano, injetará em torno de R$ 170 milhões na economia pernambucana. Conforme dados da SDSCJ, nos anos de 2020 e 2021, Pernambuco injetou mais de R$312 milhões no Estado.

Por outro lado, Paulo Câmara reforça que a iniciativa é uma importante ferramenta para pessoas em situação de vulnerabilidade social.

“Somando os três anos em que honramos o pagamento do benefício, são quase R$ 500 milhões investidos. Isso ajudou a minimizar o sofrimento de muitas famílias pernambucanas.”

Pagamentos

Além disso, o pagamento será feito nos mesmos locais e com o cartão já usado por quem recebe parcelas do antigo Bolsa Família. Ele será substituído pelo Auxílio Brasil.

Apesar da alteração do programa, por decisão do governo federal, os pagamentos do benefício estadual seguem normalmente. Mas desde que o beneficiário tenha recebido o Bolsa Família durante, pelo menos, metade dos meses do período de apuração (de fevereiro de 2021 a janeiro de 2022), de forma intercalada ou em meses consecutivos.

Dúvidas

Quem tiver dúvidas sobre o pagamento pode acionar a Ouvidoria Social da SDSCJ. O contato por telefone é gratuito: 0800.081.4421, de segunda a sexta-feira, das 09h às 16h.

Assistência Social

Por fim, Câmara anunciou também na coletiva que autorizou a seleção simplificada para a contratação de 116 profissionais. Eles atuarão na Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), em áreas como proteção básica, média e alta complexidade, monitoramento de programas e gerenciamento do Fundo Estadual de Assistência Social. O edital será lançado nos próximos dias.

Calendário de pagamento

  • Final do NIS 1 – 14 de fevereiro
  • Final do NIS 2 – 15 de fevereiro
  • Final do NIS 3 – 16 de fevereiro
  • Final do NIS 4 – 17 de fevereiro
  • Final do NIS 5 – 18 de fevereiro
  • Final do NIS 6 – 21 de fevereiro
  • Final do NIS 7 – 22 de fevereiro
  • Final do NIS 8 – 23 de fevereiro
  • Final do NIS 9 – 24 de fevereiro
  • Final do NIS 0 – 25 de fevereiro

*Foto: Reprodução/Marconi Meirelles/Folha de Pernambuco