Colégios particulares de Pernambuco suspendem aulas no Carnaval

Proprietários de colégios particulares de Pernambuco decidiram por suspender as aulas presenciais no período de Carnaval, entre os dias 15 e 17 de fevereiro

Nesta sexta-feira (5), ocorreu uma assembleia do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino de Pernambuco (Sinepe). Sendo assim, os proprietários de escolas particulares do Estado decidiram pela suspensão das aulas presenciais durante o período do Carnaval, entre os dias 15 e 17 de fevereiro. Isso ocorreu de modo unânime, pois neste caso cabe a cada instituição acatar ou não abrir a escola nestes dias.

Colégios particulares de Pernambuco

Além dos colégios particulares de Pernambuco, o governo do Estado anunciou na semana passada, a suspensão do ponto facultativo no funcionalismo público estadual durante o Carnaval. A medida foi seguida pelos municípios.

Posição dos professores

Embora a suspensão decretada pelo governo e opção inicial dos proprietários de colégios particulares pelo funcionamento, os professores dos estabelecimentos privados exigiram o cumprimento da convenção coletiva de trabalho. Isso já estava definido no calendário escolar. Sendo assim, os três dias de Carnaval serão considerados feriados.

De acordo com Arnaldo Mendonça, diretor-executivo do Sinepe:

“Não houve acordo. Nosso propósito era funcionar. Já que está na convenção, resolvemos cumprir.”

Arnaldo ressaltou ainda quatro reuniões foram realizadas com os professores. Mas as partes não chegaram a um acordo pelo funcionamento durante o Carnaval.

“A decisão foi por unanimidade. Negociação é isso.”

Representada pelo Sindicato dos Professores de Pernambuco (Sinpro), a categoria dos professores indicava “prejuízo para os estudantes e suas famílias” e para os professores que teriam “seu direito alienado”, em caso das aulas no período de folia serem mantidas.

No entanto, o Sinpro ressaltou que ainda não foi notificado da decisão e irá emitir um posicionamento sobre a decisão do Sinepe.

Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco

Procurada sobre o funcionamento das escolas estaduais no Carnaval, a Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco afirmou que o Governo do Estado publicou um decreto suspendendo o ponto facultativo e “esse decreto será cumprido também pelos profissionais de Educação”.

Desde o mês de setembro do ano passado que a questão do retorno às aulas presenciais no ensino estadual era discutida. Mas com o aumento do número de casos de Covid em todo o país, a situação das aulas voltou a ser discutida.

*Foto: Divulgação/Arthur Mota