Profissionais de saúde de Pernambuco voltarão a tirar férias em setembro

Profissionais da saúde de Pernambuco tiveram suas férias suspensas a partir de 21 de março, em função da pandemia do novo coronavírus. Todavia, a partir de setembro, eles poderão finalmente gozar de seu período de descanso, de acordo com aval dado pelo Governo de Pernambuco ontem (25).

Profissionais de saúde de Pernambuco

Desde que o estado de calamidade pública foi decretado, em torno de 10 mil profissionais da saúde de Pernambuco foram convocados, contratados ou remanejados para atuar na linha de frente do combate ao vírus.

Sobre isso, André Longo, secretário estadual de Saúde, afirmou:

“Inicialmente, anunciamos a suspensão das férias como uma das medidas para garantir o combate à pandemia da Covid-19 em Pernambuco. Agora, com a queda dos números, estamos considerando a importância e necessidade de cuidar do servidor/colaborador e recompor com agilidade a força de trabalho para manutenção da prestação dos serviços de saúde. Também é preciso regularizar a situação funcional desses servidores quanto à acumulação de período de férias não gozado.”

Além do Nordeste, redes hospitalares da região Norte do país tem caminhado para uma situação mais positiva. É o caso dos hospitais gerenciados pela entidade OS Pró-Saúde, que no mês passado já somava mais de 1.000 casos de pacientes recuperados. Isso contribui ainda mais para o controle da pandemia.

Programação das férias

Em relação à programação das férias, estão inclusos os seguintes profissionais: servidores efetivos, com vínculo por CLT, terceirizados, cedidos, cargos comissionados e contratados por tempo determinado. Todos os citados devem estar em período de trabalho presencial ou remoto. Este último diz respeito aos programas de teleatendimento Atende em Casa e Acolhe SES, que oferece suporte psicossocial e orientações sobre a rede de serviços de saúde.

Cenário epidemiológico

Entretanto, o Governo do Estado informa que, em caso de alteração no cenário epidemiológico da pandemia da Covid-19 em Pernambuco, poderá refletir positivamente na decisão das férias.

Em suma, segundo as modificações, as férias programadas, inicialmente, para abril de 2020 podem ser gozadas em setembro do mesmo ano. Já os servidores que estavam programados para os meses de maio e junho, poderão descansar em outubro. Na sequência, os de julho vão tirar férias em novembro. Os de agosto e setembro tirarão em dezembro; os de outubro e novembro terão o benefício em janeiro de 2021. Por fim, os profissionais de saúde de Pernambuco que seriam contemplados com as férias no último mês do ano vão tirar o merecido descanso em fevereiro de 2021.

Em contrapartida, a programação de férias para o ano que vem só poderá ser autorizada a partir de março de 2021.

*Foto: Divulgação/Rovena Rosa – Agência Brasil